Inicial longa demais?

Cada uma que se vê. Daqui a pouco as petições iniciais terão que ser apresentadas em formulários, limitando-se a parte a preencher os campos em branco. E o direito? Ah, o direito que se amolde aos ditames de uma burocracia que só beneficia os incompetentes e nivela a todos na altura das canelas.

 

Duas decisões quase iguais, uma de 2012, do Paraná, e outra de 2014, do Rio Grande do Norte, determinando a emenda da inicial. Ambas consideradas muito longas.

 

O comparativo entre as decisões na página Migalhas, aqui.

 

E a crítica de Lenio Luiz Streck, na página Conjur, aqui.