Maternidade

Uma interessante reportagem da revista Época desta semana indaga: quem é a mãe?

Se trata de um caso onde duas companheiras resolveram ter filhos, através de tratamento clínico. A primeira delas doou os óvulos. A segunda, o útero. Leia a reportagem aqui.

Em casos normais, é considerada mãe aquela que gera a criança, ou seja, a gestante. Entretanto, neste caso há uma situação inusitada. Ambas são companheiras e, modernamente, esta união caracteriza entidade familiar. Obviamente, a mulher que doou os óvulos não pode ser considerada “pai”. Ambas pretendem, pois, o registro de uma dupla maternidade. Para tanto, contrataram a Dra. Maria Berenice Dias, a fim de buscar judicialmente esta solução.

Anúncios
%d bloggers like this: